atualidade online sobre a União Europeia

  • 27 de Julho, 2020

Prémio de Jornalismo «Fernando de Sousa»: candidaturas fecham a 30 de julho

Termina daqui a três dias, a 30 de julho de 2020, o período de candidaturas da quarta edição do Prémio de Jornalismo «Fernando de Sousa» organizado pela Representação da Comissão Europeia em Portugal. A iniciativa tem três categorias com prémios pecuniários no valor de €5 000 para jornalistas de meios nacionais, €5 000 para jornalistas de meios regionais e €3 000 para estudantes de jornalismo/comunicação social.27/07/2020

Prémio de Jornalismo «Fernando de Sousa» é atribuído a jornalistas e a estudantes do ensino superior de cursos de jornalismo ou comunicação social que tenham contribuído de forma notável para clarificar questões importantes a nível europeu ou que tenham promovido uma melhor comunicação entre as instituições da União Europeia e os cidadãos em Portugal. Os trabalhos a concurso devem ter sido publicados ou difundidos pela primeira vez entre 1 de janeiro de 2019 e 30 de julho de 2020.

Esta 4ª edição do Prémio de Jornalismo «Fernando de Sousa» será atribuída a trabalhos desenvolvidos nas áreas de imprensa escrita, rádio, televisão e Internet, em três categorias, com os seguintes prémios pecuniários:

  • Categoria «Jornalista – Media Nacional»: um prémio pecuniário de 5 000 (cinco mil) euros
  • Categoria «Jornalista – Media Regional»: um prémio pecuniário de 5 000 (cinco mil) euros
  • Categoria «Estudante»: um prémio pecuniário de 3 000 (três mil) euros

Os vencedores serão anunciados numa cerimónia em data a confirmar durante 2020 e os prémios entregues após a mesma.

O Prémio é promovido no âmbito do respeito pela liberdade e pelo pluralismo da comunicação social e constitui uma homenagem a um dos grandes jornalistas portugueses e especialista em assuntos europeus, Fernando de Sousa, cujo percurso pode ser recordado no arquivo digital(link is external) do NewsMuseum.

  •  
  •  
  •  
  •