atualidade online sobre a União Europeia

  • 12 de Agosto, 2020

Formação Profissional, desafios e oportunidades para a próxima década

Foi recentemente lançado o documento The importance of being vocational – challenges and opportunities for VET in the next decade, pelo Cedefop e pela ETF, que analisa o percurso dos últimos anos e anuncia os próximos passos na formulação de políticas de Educação e Formação Profissional na União Europeia.

​O Cedefop – Centro Europeu para o Desenvolvimento da Formação Profissional e a ETF – European Training Foundation, monitorizaram e analisaram os países da União Europeia (Estados-Membros, Islândia e Noruega) e países candidatos, ao longo dos anos.

Desse trabalho resulta agora um balanço do progresso, com o que funcionou e com o que precisa de ser melhorado. É um instrumento importante para ajudar a definir o caminho a seguir para o novo ciclo da UE e as prioridades relacionadas com o período pós 2020. O relatório elaborado em conjunto sinaliza as tendências comuns a vários países.

 Cooperar e aprender uns com os outros nunca foi tão importante como hoje. Isso exige novas, experiências formativas mais atraentes e acessíveis, adequadas a todos e especialmente àqueles que estão mais alheados da aprendizagem e do mercado de trabalho.

 Das muitas conclusões do estudo agora apresentado, destaca-se a necessidade de criação de uma nova estratégia para o desenvolvimento da EFP inicial e contínua, para o reforço das oportunidades de aprendizagem para adultos com base numa interação mais eficiente entre os dois âmbitos de EFP. 

Para que a Aprendizagem ao Longo da Vida se torne uma realidade, os indivíduos precisam de ser capazes de acumular experiências formativas entre instituições, setores e países.

As linhas de fronteira entre a EFP para jovens e adultos, formação inicial e contínua, devem tornar-se cada vez mais ténues. Nesse sentido, os objetivos do processo de Copenhaga, para facilitar a mobilidade de alunos, mantém a importância do apoio à implantação da EFP “neutra em termos de idade” necessária no século 21.

 Nos próximos anos é necessário redobrar a atenção dada à EFP, não apenas pelas novas exigências das macrotendências demográficas, tecnológicas e relacionadas com a economia verde mas também pelas transformações e oportunidades proporcionadas pelas novas tecnologias para o mercado de trabalho e para o ensino.

 

Aceda aqui ao documento:

The importance of being vocational – challenges and opportunities for VET in the next decade

Fonte: CEDEFOP/POCH

  •  
  •  
  •  
  •