atualidade online sobre a União Europeia

  • 25 de Janeiro, 2021

‘MareCom’ assegura comunicações de banda larga de baixo custo em zonas costeiras

Cofinanciado pelo Programa Operacional COMPETE 2020, o Projeto MareCom concebeu uma solução alternativa às comunicações via satélite e às tecnologias VHF, usadas por quem está em alto mar.

Não existe uma solução de comunicações de baixo custo, fiável e de banda larga que permita o acesso a redes IP terrestres e à Internet global em zonas remotas do oceano. Como consequência, não estão disponíveis aplicações e serviços IP de baixo custo em ambiente marítimo, ao contrário do que sucede em ambiente terrestre.

Assim, o Projeto MareCom visa o desenvolvimento de uma solução de comunicações marítimas de elevada disponibilidade, banda larga e baixo custo, que permita servir as comunidades que operam em ambiente marítimo com ligações fiáveis e de banda larga.

A solução desenvolvida é uma alternativa ao satélite e a tecnologias rádio VHF que hoje se utilizam, e que permita servir as comunidades que operam em ambiente marítimo, por exemplo, frotas de pesca ou transporte marítimo, com ligações fiáveis e de banda larga e a integração com o cenário de comunicações em terra, aumentando a inclusão digital daquelas comunidades.

O projeto terminou com a apresentação dos resultados na Base Naval de Lisboa a 3 de Outubro de 2018. Usando a solução desenvolvida foi possível realizar uma vídeo conferência com terra a partir de uma embarcação da Marinha Portuguesa a navegar no Estuário do Tejo e demonstrar uma aplicação de vídeo streaming HD em tempo real.

Em cenário operacional, a solução desenvolvida poderá atingir alcances até dezenas de milhas da costa, quando usados níveis de potência de transmissão adequados e em locais apropriados para a instalação das estações de comunicações costeiras.

RESULTADOS ALCANÇADOS

O Projeto MareCom permitiu aos parceiros envolvidos a aquisição de novos conhecimentos nas áreas das comunicações de longa distância em ambiente marítimo, nas áreas das redes de conectividade intermitente e o desenvolvimento final das seguintes componentes:

  •  Caixa outdoor para acomodar todos os componentes desenvolvidos.
  • Protocolo de Encaminhamento e Protocolo de Acesso ao meio especialmente adaptados para este tipo de topologias.
  • Antena de cobertura omnidirecional com orientação de feixe para maximizar o ganho.
  • Aplicação partilha de conteúdo multimédia entre embarcações e a costa.

O projeto é liderado pela Wavecom – Soluções Rádio, S.A., em co-promoção com o INESC Porto – Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores do Porto, a Marinha Portuguesa e a Ubiwhere.

Cofinanciado pelo COMPETE 2020 no âmbito do Sistema de Apoio à Investigação Científica e Tecnológica, na vertente em co-promoção, envolveu um investimento elegível de um milhão de euros, o que resultou num incentivo FEDER de 651 mil euros.

Fonte: Compete2020

  •  
  •  
  •  
  •