atualidade online sobre a União Europeia

  • 16 de Junho, 2020

MAR 2020 apoia transferência de conhecimento para o setor da Aquacultura

Uma equipa de investigadores da Universidade de Coimbra está a desenvolver um modelo integrado de produção de ouriço-do-mar em Aquacultura para tornar a sua produção rentável e com reduzido impacto ambiental.

O projeto ‘OtimO’ conta com um financiamento de 202 mil euros do Programa Operacional MAR 2020, através da Associação de Desenvolvimento Local da Bairrada e Mondego (AD ELO).

A procura das ovas do ouriço-do-mar, tanto em Portugal como no mercado internacional, tem provocado a intensificação da apanha, muitas vezes de forma desregrada.

O modelo de produção proposto pela equipa do ‘OtimO’, cujos testes começaram há um ano distingue-se pela transferência efetiva de conhecimento para o setor da Aquacultura.

Aposta-se num sistema de aquacultura multitrófica integrada (no qual são produzidas espécies de diferentes níveis tróficos ou nutricionais) com recirculação de água, efetuando a reutilização/reciclagem de recursos e minimizando o impacto ambiental.

A Aquacultura, apesar de ser cada vez mais relevante no setor alimentar, ainda está associada à diminuição da qualidade ambiental.

Fonte: Mar 2020

  •  
  •  
  •  
  •