atualidade online sobre a União Europeia

  • 6 de Novembro, 2020

ReportEU

O quê? ReportEU é uma iniciativa da Representação da Comissão Europeia em Portugal com a sua primeira edição lançada em novembro de 2020 em colaboração com os Repórteres em Construção. Esta procura dar a oportunidade a estudantes universitários, em especial de jornalismo e de comunicação social, de criar reportagens sobre temas que abordem uma dimensão europeia e que sejam relevantes e inovadores.

Tem por objetivo mobilizar jovens a abordar questões pouco abordadas na agenda mediática e, dessa forma, aumentar o entendimento e a ligação dos cidadãos com as prioridades, políticas e ação da Comissão Europeia. Esta iniciativa procura ainda estimular a interdisciplinaridade, o conhecimento sobre a realidade de outros Estados-Membros e a literacia mediática, especificamente de temas europeus.

O resultado final serão seis reportagens realizadas por futuros jornalistas, estudantes em diversas entidades de todo o país, sobre temas que lhes interessam com dimensão europeia. Estas equipas recebem formação prática e as três melhores reportagens serão difundidas por órgãos de comunicação social.

Para quem? Cada equipa (de 2 a 5 elementos) terá de incluir pelo menos um estudante universitário de jornalismo ou de comunicação social numa entidade de ensino superior em Portugal e respetivo professor-coordenador e poderá incluir outros elementos de perfis diversos, como jovens que estudem ou trabalhem em outras temáticas e em outros níveis de ensino.

Porquê? É uma experiência prática única no percurso formativo que permite treinar o que é desenvolver uma reportagem jornalística, com acesso a mentoria prática de jornalistas profissionais e de elementos do REC e da Comissão Europeia, e entender melhor como funciona a União Europeia e que recursos disponibiliza para os jornalistas. Os participantes têm a oportunidade para investigar e comunicar sobre temas que lhes interessem, dando voz a histórias em diferentes países da UE. As três melhores são difundidas por órgãos de comunicação social.

Onde? O programa correrá maioritariamente online, sendo que os eventos podem ocorrer presencialmente dependendo da evolução epidemiológica.

Como? Planeiem uma reportagem com a vossa equipa e o professor coordenador e, até 3 de dezembro de 2020, candidatem-se através do formulário online:

Cada proposta de reportagem deve incluir o tema, as principais questões, possíveis histórias e protagonistas, o formato e explicar porque é relevante, inovador e como vai melhorar o conhecimento dos cidadãos portugueses sobre a União Europeia, cobrindo questões e histórias que os participantes desejam entender melhor, tocando em temas com dimensão europeia. As reportagens podem ser realizadas em diferentes formatos – imprensa escrita, rádio, televisão ou online/multimédia.

Das propostas recebidas, seis projetos serão escolhidos como finalistas, garantindo diversidade geográfica, temática e de formato. Todos os projetos devem ser implementados seguindo boas práticas de sustentabilidade ambiental, usar as oportunidades fornecidas pelas ferramentas digitais e respeitar os direitos e valores fundamentais da União Europeia. Os critérios de seleção incluem: 1) a inovação do tema, ângulos e/ou formatos; 2) a qualidade de execução e de apresentação; 3) a relevância dos conteúdos; 4) o impacto numa maior ligação dos cidadãos à UE; 5) a inclusão de questões, protagonistas e/ou histórias de pelo menos 3 Estados-Membros diferentes da UE (pode ou não incluir Portugal). As equipas finalistas contam com apoio e mentoria prática de jornalistas e elementos do REC e da Comissão Europeia que ajudam na qualidade, no progresso e indicam recursos e informação sobre os temas abordados.

Quando?

  • Comunicação e candidaturas abertas: de 3 de novembro a 3 de dezembro de 2020
  • Seleção das seis equipas finalistas: até 15 de janeiro de 2021
  • Desenvolvimento das reportagens com mentoria prática de jornalistas profissionais e elementos do REC e da REP: de janeiro até abril de 2021
  • Seleção das três melhores e respetiva publicação em órgãos de comunicação social: até ao final de junho 2021
  •  
  •  
  •  
  •