atualidade online sobre a União Europeia

  • 2 de Agosto, 2021

Investimento em Qualificações e Competências com apoio de Fundos UE

Já foi assinado com os parceiros sociais o Acordo sobre Formação Profissional e Qualificação, que prevê um investimento de cinco mil milhões exclusivamente dedicados às Qualificações e às Competências, com verbas provenientes do PRR – Plano de Recuperação e Resiliência e do futuro quadro comunitário Portugal 2030.

Após a assinatura do acordo – intitulado «Um desígnio estratégico para as pessoas, para as empresas e para o País» – o Primeiro-Ministro, António Costa, afirmou que este é um acordo da maior importância para o futuro de Portugal e destacou a necessidade do envolvimento ativo dos parceiros sociais no processo.

Relembrou ainda os dois Avisos já abertos no âmbito da Formação e das Qualificações: um para a formação de jovens Steam, na área das ciências, tecnologia, engenharias, artes e matemáticas – tendo como meta a formação superior de cerca de 30 mil jovens – e o outro para a qualificação digital de 1 145 milhões de adultos ativos.

O Acordo, agora assinado, tem como objetivo criar condições para aumentar a formação e as qualificações no nosso País e alcançar a meta europeia de ter, até 2030, 60% dos adultos entre os 25 e os 64 anos em ações de Aprendizagem ao Longo da Vida (ALV) todos os anos. 

Esta meta foi um dos objetivos com o qual os 27 Estados-membros se comprometeram em maio na Cimeira Social do Porto. As estimativas iniciais apontam para que seja necessário ter cerca de mais um milhão de adultos por ano em ALV, em 2030, e a formação profissional será necessariamente uma das componentes centrais desse esforço.

O processo de fixação de metas nacionais para os diferentes países, em conjunto com a Comissão Europeia, vai iniciar-se a partir de setembro. 

Saiba mais aqui.

Fonte: PortugalGov

  •  
  •  
  •  
  •